Os Jogos Paralímpicos

Em 2 de outubro de 2009, em Copenhague, na Dinamarca, foi anunciando que o Rio de Janeiro ganhou o direito de sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, trazendo os dois eventos para a América do Sul pela primeira vez na história. O anúncio foi uma grande recompensa pelo trabalho duro e a visão da equipe de candidatura e marcou o início de uma caminhada repleta de oportunidades e desafios para o Rio e o Brasil. 

Os Jogos Paralímpicos continuam a ganhar força. Depois do sucesso dos Jogos Londres 2012 e dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Sochi 2014, a edição do Rio de Janeiro promete ser a maior celebração da história do esporte de alto rendimento para pessoas com deficiência.

A infraestrutura necessária para a realização dos Jogos demonstra a grandeza do projeto. Serão mais de 140 mil pessoas envolvidas diretamente na organização do evento, incluindo 7 mil integrantes do Comitê Organizador, 65 mil contratados e 70 mil voluntários. Milhões de pessoas do Rio, do Brasil, da América do Sul e de todo o mundo serão inspiradas pelos Jogos. São esperados mais de 4.200 atletas Paralímpicos de cerca de 160 nações ao redor do mundo, além de milhares de profissionais de imprensa, de apoio, apaixonados pelo esporte e turistas de todos os cantos do globo.

Além de toda a estrutura envolvida, os Jogos Paralímpicos deixarão um legado de longo prazo na área de acessibilidade em espaços e transportes públicos e na mudança de percepção em relação às pessoas com deficiência.