Os Jogos Olímpicos

Esporte mais popular do mundo, o Futebol tem suas origens na China da Antiguidade – segundo historiadores, o “jogo” disputado à época tinha como bola os crânios dos adversários superados pelos exércitos. Com o passar dos anos, a prática de colocar dois grupos como rivais e uma bola em campo foi se espalhando pelo Oriente, a Grécia Antiga e o Império Romano.

Mas as origens do futebol moderno estão na Inglaterra. Segundo relatos históricos, no ano de 1175 habitantes de cidades inglesas chutavam uma bola de couro, simbolizando as cabeças dos inimigos, para simbolizar a expulsão dos invasores nórdicos. Os participantes tinham de levá-la por um percurso de até dois quilômetros, por entre as ruas da cidade. A prática, no entanto, foi abolida ao longo dos quatro séculos posteriores.

No começo do Século XIX, o esporte foi adotado como atividade física por três escolas da elite inglesa, e ganhou popularidade. Diante disso, era necessária a uniformização das regras, pois tocar a bola com as mãos e os pés era permitido em alguns lugares. Foi a partir daí que o Futebol começou a se diferenciar do Rugby.

Em 1863, nasceu a Football Association, para estabelecer regras que permitissem a disputa de campeonatos em todo o mundo. Oito anos depois, surgiu a primeira competição de Futebol do planeta, a FA Cup – que existe até hoje.

O profissionalismo foi implantado em 1885 e a Inglaterra, então uma potência mundial, ajudou o esporte a se espalhar pelo mundo. O Brasil acabou entre os beneficiados, com a chegada de Charles Müller a Santos em 1894, para tornar o esporte o mais popular no país.

Em 1904, nasceu a Federação Internacional de Futebol (FIFA), única entidade autorizada a organizar torneios internacionais, sempre com base nas regras da Football Association. A primeira competição entre seleções seria em 1906, mas acabou não acontecendo.

A primeira aparição do Futebol no programa olímpico foi na edição de 1900, em Paris, como esporte de exibição e com clubes representando cada país. A entrada em definitivo aconteceu apenas em 1908, quando os Jogos foram disputados em Londres, com a chancela da Fifa.

O único ano em que não houve competição foi em 1932, em Los Angeles, por divergências entre a entidade e o Comitê Olímpico Internacional (COI) na questão de os jogadores serem amadores ou não. A entrada das mulheres no programa ocorreu no ano de 1996, em Atlanta.

O torneio olímpico de futebol masculino é disputado por jogadores até 23 anos, com a exceção de três sem limite de idade em cada equipe. No feminino, não há nenhuma restrição.

A disputa conta com uma primeira fase, em que os participantes (16 no masculino e 12 no feminino) são distribuídos em grupos de quatro seleções cada. Todos os países se enfrentam, e os dois melhores de cada chave avançam à etapa eliminatória – no feminino, os seis classificados ganham a companhia dos dois melhores terceiros colocados.

Em caso de empate nas partidas do mata-mata, são disputadas duas prorrogações de 15 minutos cada. Se a igualdade persistir, acontecem pênaltis. As melhores seleções de cada lado da chave se enfrentam pelo ouro, e os perdedores das semifinais disputam o bronze.