Notícias

04/09/2013

Terezinha Guilhermina e Daniel Dias concorrem ao prêmio de melhor atleta paralímpico 2013

Vencedores da 5ª edição do Prêmio Esporte Paralímpico 2013 serão anunciados no dia 23 de novembro, em Atenas

Enviar para um amigo

Os atletas Daniel Dias e Terezinha Guilhermina durante as Olimpíadas Londres 2012 (Foto: IPC/Evgeniya Bocharnikova)

Terezinha Guilhermina, atleta cega mais rápida do mundo, e Daniel Dias, vencedor de seis medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos Londres 2012, estão entre os indicados a melhor atleta do ano na 5ª edição do Prêmio Esporte Paralímpico 2013 (Paralympic Sport Awards, em inglês), organizado pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC). O vencedor será conhecido no dia 23 de novembro, durante cerimônia de premiação, em Atenas.  Dividido em seis categorias, o prêmio reconhece as conquistas nos Jogos Paralímpicos Londres 2012. No total, os atletas indicados ganharam 38 medalhas de ouro na competição. (Confira a lista completa de indicados)

O Brasil também concorre a melhor equipe com o time do futebol de cinco - que conquistou sua terceira medalha de ouro, sem sofrer um gol sequer – e a melhor oficial, com Edilson Rocha Tubiba, chefe de Missão do Brasil, que terminou em sétimo lugar no quadro de medalhas, a melhor performance do país em Jogos Paralímpicos.

Na categoria melhor atleta feminina, os indicados são: Yunidis Castillo (Cuba), vencedora de três medalhas de ouro no atletismo; Terezinha Guilhermina (Brasil), a cega mais rápida do mundo venceu os 100m e 200m; Zahra Nemati (Irã), do tiro com arco, que se tornou a primeira mulher iraniana a conquistar uma medalha de ouro em Jogos Olímpicos e Paralímpicos; Esther Vergeer (Holanda), que encerrou a carreira com a quarta conquista consecutiva individual no tênis em cadeira de rodas; e Yu Chui Lee (Hong Kong), que levou dois ouros e um bronze na esgrima em cadeira de rodas.

Concorrem ao prêmio na categoria melhor atleta masculino: Patrick Anderson (CAN), cestinha do torneio e ouro no basquetebol em cadeira de rodas; Ryley Batt (AUS), eleito melhor atleta do mundo no rugby em cadeira de rodas; Daniel Dias (BRA), nadador que ganhou seis medalhas de ouro; Heinrich Popow (GER), vencedor de três medalhas no atletismo, sendo uma de ouro; e David Weir (GBR), que levou quatro medalhas de ouro no atletismo.

O Prêmio Esporte Paralímpico é realizado de dois em dois anos , desde 2005, quando o nadador brasileiro Clodoaldo Silva (S4) recebeu o prêmio de melhor atleta masculino pela sua soberba atuação nos Jogos Paralímpicos Atenas 2004, com seis medalhas de ouro. Na ocasião, a nadadora japonesa Mayami Narita foi eleita melhor atleta feminina também por sua atuação em Atenas 2004.

 

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016™.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ