Notícias

15/07/2014

Sonho do ouro nos Jogos Rio 2016 faz Larissa retomar carreira no vôlei de praia

Afastada desde dezembro de 2012, medalhista brasileira volta a competir de olho na classificação para os Jogos Olímpicos

Enviar para um amigo

Nos Jogos Londres 2012, Larissa conquistou a medalha de bronze ao lado de Juliana (Foto: Getty Images/Ryan Persie)

Quatro meses após conquistar a medalha de bronze nos Jogos Londres 2012, a brasileira Larissa resolveu deixar o vôlei de praia. Mas apenas um ano e meio longe das areias foram suficientes para perceber que ainda faltava uma página a ser escrita em sua história. A seis meses do início do período de classificação para os Jogos Rio 2016,  a bicampeã pan-americana volta às quadras nesta quarta-feira (16), mirando o maior desafio de sua carreira: o ouro Olímpico.

“A chance de disputar os Jogos Olímpicos em casa é o sonho de todo atleta e comigo não é diferente. Jogar o Pan de 2007 foi maravilhoso. A força e energia da torcida brasileira é indescritível. Por isso voltei, quero muito conseguir essa vaga em 2016 e representar o meu país nos Jogos aqui em casa”, comenta a defensora de 32 anos, que havia se afastado do esporte para se dedicar mais à vida pessoal.

Sem a parceira Juliana, machucada, Larissa disputou os Jogos de Pequim com Ana Paula e ficou em quinto lugar (Foto: Getty Images/Harry How)

Larissa disputou os Jogos Londres 2012 ao lado de Juliana, com quem conquistou sete títulos do Circuito Mundial e um do Campeonato Mundial. Nos Jogos Pequim 2008, ficou em quinto lugar, jogando com Ana Paula.

Em seu retorno às areias, Larissa terá como parceira a experiente Talita, de 31 anos, atual campeã do Circuito Mundial e, assim como ela, representante do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim e Londres. A dupla estreia nesta quarta-feira na etapa da Holanda do Circuito Mundial e terá até janeiro de 2015 para se preparar para disputar a classificação Olímpica.  Haverá uma vaga em jogo no Campeonato Mundial, 15 por meio do ranking mundial e sete em torneios classificatórios continentais e internacionais.

“Não estava pensando em voltar. Só que a vontade começou a aparecer e aí veio a possibilidade de formar o time com a Talita. Formamos uma excelente dupla, acredito que temos várias características positivas para formar um time campeão. Mas é dentro de quadra que se conquista favoritismo e títulos. Vamos treinar bastante para conquistar o nosso espaço”, diz Larissa, que já venceu 45 etapas do Circuito Mundial na carreira e acredita que volta às quadras ainda mais forte após o período afastada do esporte.

“A parada foi benéfica. Estava precisando de um tempo para descansar. Cuidei de mim, dos meus sonhos, desejos. Fiquei mais com a minha família, dei atenção a tudo que não tinha tempo por conta da correria da vida de atleta, principalmente ao meu casamento. Agora estou com as energias renovadas para voltar”, garante.

Revigorada e motivada, Larissa se prepara para o maior desafio de sua carreira: lutar pelo ouro nos Jogos Rio 2016. Com uma trajetória marcada por vitórias, recordes e conquistas, a capixaba sonha com o ponto máximo de sua carreira como atleta.

“Sem dúvida seria um marco na minha carreira. Escrever esse capítulo na história do vôlei de praia seria perfeito. Ganhar um ouro Olímpico ao lado da minha família, amigos, será algo indescritível. Farei tudo que está ao meu alcance para trazer essa medalha para a minha equipe e para todo o Brasil”, promete.

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ