Notícias

25/07/2011

As últimas da Cidade Olímpica: confira as obras de infraestrutura no Rio de Janeiro

Preparativos seguem a todo vapor na sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos em 2016

Enviar para um amigo

Obras no Sambódromo (Foto: ©Rio 2016 /Wander Roberto)

A transformação da cidade do Rio de Janeiro está mais visível a cada dia. Confira em que estágio se encontram as principais iniciativas e intervenções do poder público, cujo legado para a população carioca e para o esporte brasileiro vai muito além da utilização durante os Jogos.

Saiba mais sobre a Transcarioca, a Transoeste, a Transolímpica, o Metrô Linha 4, o Parque Olímpico, a Cidade do Rock, o Porto Olímpico e o Sambódromo.

INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTE

BRT (Ônibus de Trânsito Rápido)

O sistema de BRT foi implementado pela primeira vez em Curitiba e atualmente já se expandiu para mais de 30 países dos cinco continentes. A estrutura de funcionamento assemelha-se muito com a dos trens: corredores exclusivos ou preferenciais para a circulação dos veículos de transporte coletivo; sistema de pré-pagamento de tarifas; transferência entre rotas sem incidência de custo; embarques e desembarques rápidos, com plataformas na mesma altura do ônibus.

Com todas essas características, a implementação do sistema de BRT no Rio de Janeiro diminuirá significantemente o tempo do percurso e contribuirá para o reordenamento do sistema de transporte da cidade. Para a população, mais comodidade, rapidez, conforto, melhor qualidade de serviço e uma cidade menos poluída, já que a emissão de gás dos ônibus articulados será reduzida em 50%, com a vigência do novo padrão Euro V em 2012.

Transcarioca, transoeste e transolímpica são os projetos de BRT em e que foram catalisados pela realização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos na cidade do Rio de Janeiro.

Confira a galeria de fotos e mais detalhes abaixo.

 

Transcarioca

A Transcarioca é um corredor expresso exclusivo para ônibus articulados que ligará a Barra da Tijuca, o coração dos Jogos, ao Aeroporto Internacional Tom Jobim na Ilha do Governador, passando por bairros como Madureira e Penha, na zona norte do Rio de Janeiro.

• 39 km de extensão, com integração para o metrô, trens e ciclovias;
• cerca de 400 mil passageiros por dia serão atendidos;
• 45 estações, 4 terminais de embarque e desembarque;
• 4 mergulhões, 10 viadutos e 9 pontes.

O taxista William Cadete instalou uma câmera em seu carro para registrar seu percurso diário. Ele conta que espera com otimismo pelas obras da Transcarioca, que vai desafogar o trânsito entre o Aeroporto do Galeão e a Barra, via Zona Norte.


Transoeste

A transoeste é uma via expressa que vai da Barra da Tijuca a Santa Cruz, dois bairros da zona oeste do Rio.

• 32km de extensão
• 30 estações de BRT
• Redução de 50% do tempo de viagem entre os dois bairros

Filmagem aérea sobre a Transoeste já mostra as grandes mudanças que a via expressa está promovendo na região. É possível ver, lado a lado, as imagens feitas em janeiro e, depois, em abril.


Transolímpica

A via será um corredor de ônibus expresso que vai ligar duas importantes regiões dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Barra da Tijuca e Deodoro. Passando pelos bairros da Taquara, Curicica, Sulacap e Magalhães Bastos, o corredor desembocará na Avenida Brasil, uma das principais vias de acesso à cidade. O início das obras está previsto para janeiro de 2012.

• 26km de extensão
• 18 estações planejadas e 2 terminais
• 100 mil passageiros por dia serão atendidos
• 30km de ciclovias alimentadoras

 

Metrô Linha 4

A perfuração da rocha no sentido Zona Sul já alcança quase 900 metros. Nos próximos dois meses, serão iniciadas as detonações no maciço de São Conrado à Barra. A Linha 4 terá seis estações, passando pelos bairros da Barra da Tijuca, São Conrado, Gávea, Leblon e Ipanema. Com essa ampliação, o metrô do Rio poderá transportar mais 230 mil passageiros por dia. As intervenções da linha de 14 quilômetros de extensão serão entregues em 15 de dezembro de 2015.
 

EQUIPAMENTOS OLÍMPICOS

Concurso Parque Olímpico

O Concurso do Parque Olímpico está em fase de análise de propostas. No dia 20 de julho, encerraram-se as inscrições para os projetos cuja missão era propor soluções arquitetônicas para abrigar competições de 10 esportes olímpicos – com 15 disciplinas – e 11 esportes paraolímpicos. Além disso, o projeto vencedor, a ser anunciado no dia 15 de agosto, deverá conter propostas para estruturas de convivência, centro de mídia, hotel e vila de patrocinadores na região do Parque Olímpico do Rio, na Barra da Tijuca.
 

Cidade do Rock

A Cidade do Rock, na Zona Oeste do Rio, se prepara para receber o megafestival de música e ser a futura sede da Vila de Lazer dos Atletas nos Jogos de 2016.


Concurso Porto Olímpico

Área da antiga Estação Leopoldina ganhará hotel de luxo de 45 andares, Centro de Convenções, além da Vila de Mídia e outras importantes instalações dos Jogos de 2016. Tudo isso integrado a espaços públicos, como jardins e praças.

 

Sambódromo

A primeira fase de transformação do Sambódromo foi concluída em junho, com a implosão do conjunto de prédios da antiga cervejaria Brahma. O local será o ponto de largada e de chegada da maratona e abrigará as competições de tiro com arco nos Jogos Rio 2016.

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ