Atrações

Panoramas Inspiradores

Enviar para um amigo

• Corcovado e Cristo Redentor

Corcovado é o nome da montanha onde se situa o Cristo Redentor. De braços abertos no topo da montanha, a estátua é uma das Maravilhas do Mundo. Pode-se chegar à estátua na centenária estrada de ferro do Corcovado, o passeio mais antigo do país.

Ao subir, o visitante faz um verdadeiro passeio pela história do Brasil. O trem foi inaugurado em 1884 pelo imperador D. Pedro II e foi visitado por muitas personalidades, incluindo papas, reis, príncipes, presidentes da República, artistas e cientistas. O trem cruza o Parque Nacional da Tijuca, a maior floresta urbana do mundo, portanto, o visitante também aproveita um lindo passeio ecológico. Do topo, aprecia-se uma vista do Rio de tirar o fôlego.

• Aterro do Flamengo

No caminho entre Copacabana e o Aeroporto Santos Dumont, um lindo parque verde acompanha uma via expressa de quatro faixas, margeando a Baía de Guanabara. Nome popular para o Parque do Flamengo, o complexo destaca-se por sua beleza natural misturada a elementos urbanos como o Museu de Arte Moderna, a Marina da Glória, o Monumento a Estácio de Sá entre outros.

O Aterro do Flamengo é a maior área de lazer do Rio de Janeiro e um local de forte tradição esportiva. Aos domingos, a via expressa que o ladeia é fechada para a prática de esportes, oferecendo um grande espaço de lazer a céu aberto para a população carioca. Durante os Jogos Rio 2016™, o local será palco da maratona (feminina e masculina) e das competições de marcha atlética e ciclismo de estrada.

• Bondinho do Pão de Açúcar, pista Claudio Coutinho e Praia Vermelha

Com capacidade para até 65 passageiros, o bondinho do Pão de Açúcar percorre um trajeto de 1.400 metros entre a base do morro da Babilônia até o morro da Urca. A segunda parada é no morro do Pão de Açúcar, que oferece aos passageiros uma visão de 360 graus da cidade ao redor.

Do topo, é possível ver a cidade de Niterói, ligada ao Rio pela ponte Rio-Niterói, com cerca de 14km de comprimento, cruzando a Baía da Guanabara. Uma vista fascinante das praias do Leme, Copacabana, Ipanema, Leblon e Flamengo também surpreende o visitante do Pão de Açúcar!

Ao lado da subida para o bondinho, há a Praia Vermelha e a pista Claudio Coutinho, que oferecem uma caminhada inspiradora. Circundando o morro da Urca, a pista Claudio Coutinho margeia o oceano da Praia Vermelha e é cercada de flora e fauna exuberantes. Micos são frequentemente vistos andando lado a lado aos visitantes!

• Floresta da Tijuca

Localizado no Alto da Boa Vista, a Floresta da Tijuca faz parte do Parque Nacional da Tijuca. Com 3.972 hectares de mata preservada dentro da cidade, a floresta da Tijuca engloba áreas como as Paineiras, o Parque Lage e a Pedra da Gávea.

Essa floresta tropical possui lindas árvores de todo o mundo, riachos, cachoeiras, terrenos montanhosos e picos. Há trilhas para caminhada e locais de onde pode se salta e voar de asa delta. Um local perfeito para um piquenique em família ao som de pássaros, iguanas e micos.

• Cidade do Samba

Localizada em um terreno equivalente a dez campos de futebol, a Cidade do Samba reúne quatorze barracões, uma praça central com dois grandes espaços cobertos – um para shows e outro para exposições – quatro lanchonetes e 186 vagas de estacionamento. O local foi construído para que as quatorze Escolas de Samba possam criar fantasias para o desfile de Carnaval na Sapucaí.

A Cidade do Samba abre diariamente para turistas (exceto às terças-feiras) e, através de visitas guiadas, o visitante pode ver como as fantasias são criadas e como funcionam e são feitos os carros alegóricos e os instrumentos. É impossível não se contagiar com a alegria que envolve os brasileiros no Carnaval nesse lugar que respira samba!

• Bonde de Santa Teresa e Arcos da Lapa

Criado no século XIX, o bonde carrega pessoas do centro da cidade até quase o topo de Santa Teresa. Quase imediatamente depois de sair do terminal, o bonde cruza os Arcos da Lapa, antigo aqueduto construído em meados do século XVII. Em seguida, serpenteando morro acima onde o bairro de Santa Teresa está localizado, passa por ruas estreitas, casas, mansões, lojinhas e restaurantes.

O bonde de Santa Teresa é o único sistema de bonde da região metropolitana da América do Sul. O bonde é uma forma divertida de experimentar o bairro de Santa Teresa, lar de artistas e intelectuais durante as décadas de 60 e 70. Um lugar agradável para fazer uma refeição e apreciar uma linda vista.
 

Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ